segunda-feira, 8 de junho de 2015


Lupe charminho na hora do almoço. 


O Leo e a loucura que é usar aparelho e ter olhos verdes. 


Suspicious look about the photo.


Piras com linhas e textura.


Paradoxo do Arco-íris e cinzas. 


Taça no crepúsculo.


À espera do primeiro dia das mães.


Alguma coisa eu vi.


Experimentando dimensões.


Lupe charminho de barriga cheia.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

quarta-feira, 6 de maio de 2015


Acho que era sábado. Pela manhã. Fazia sol, e eu e o Amadeo fomos nos banhar ali. Dois lagartos na pedra quente. 


Abraçando a Lupe logo após um banho, hmmm! Essa foto e a de cima são de Amadeo.


Eu sei, meu filho é lindo assim sempre. Mig Love!


Sobras, do artista plástico brasileiro Geraldo de Barros

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

el olvidado de la verguenza


aff corporeidades haha



a Flávia Busarello e a Carol Quintino no dia da palestra do Leo Pinho sobre Política de Drogas - Desafios e Problemáticas, na FURB. Outubro de 2014. Foi um excelente dia e ótimas trocas.

el olvidado la verguenza

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Poemas de Miguel Torga

"Mãe:

Que desgraça na vida aconteceu,
Que ficaste insensível e gelada?
Que todo o teu perfil se endureceu
Numa linha severa e desenhada?
Como as estátuas, que são gente nossa
Cansada de palavras e ternura,
Assim tu me pareces no teu leito.
Presença cinzelada em pedra dura,
Que não tem coração dentro do peito.
Chamo aos gritos por ti — não me respondes.
Beijo-te as mãos e o rosto — sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio.
Mãe:Abre os olhos ao menos, diz que sim!
Diz que me vês ainda, que me queres.
Que és a eterna mulher entre as mulheres.
Que nem a morte te afastou de mim!"


E

"A vida é feita de nadas:
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;
De casas de moradia
Caiadas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;
De poeira;
De sombra de uma figueira;
De ver esta maravilha:
Meu Pai a erguer uma videira
Como uma mãe que faz a trança à filha".

Cloud


O dia que a Ana fez sua leitura a respeito da Humanização da Mobilidade Urbana. Maio de 2014. Uma linda manhã.

Maio de 2014. A Cássia, o Ronye, o Jonathan, a Ana e o Natan.




A Aurora é a filha da Ana. Maio de 2014


Foto que a Dani Vieira fez para uma atividade da aula de fotografia dela. Abril de 2014 - não tenho certeza.

Foto  Dani Vieira


Descanso.

Aula de Aprendizagem II. Palestra com psicóloga educacional. A turma pousou para foto. Em 2014.

A Gabriela treinando a assimetria e eu também.

Durante um festival do BNU PNX na Fundação Cultural de Blumenau. Sábado à noite de chuva. 2014.

Acho que é março de 2014.

Final de 2011.

A rotina. Julho 2014.


Num terreno baldio na Getúlio Vargas. Simbólico busto. Agosto 2014.

No Vintage Bar em Blumenau. Gosto do destaque ao ventilador.

O coelho sob cuidados do Leonardo e do Lucas.

Cotidiano. Julho de 2014.

Cotidiano Junho 2014.

Setembro de 2014.

Maio de 2014.

Encontro sobre vegetarianismo que a Fran organizou. Ali é o Gabriel Sedrez falando sobre nutrição vegetariana. Agosto de 2014.

O Lucas e o mato lá de casa. Agosto de 2014.

D L K

o que é isso, eu ainda não sei.
se alguém souber, avisa.